Incentivo da pura expressão da arte

1508783615.jpg

23/10/2017 – No sábado dia 21, Chapecó foi palco de mais uma edição da Mostra de dança infantil “A noite é uma Criança”. O evento, que não tem caráter competitivo, objetivou apresentar aos pais, familiares e à comunidade da dança o trabalho desenvolvido durante o ano, além de incentivar a troca de experiência entre estudantes e proporcionar a vivência artística. A BTA Aditivos, empresa de Xanxerê, sabe da importância de promover o desenvolvimento cultural, por isso esteve presente na Mostra através do Grupo de Dança Ponto Ser, do professor e coreógrafo Paulo Almuas. 

Na mostra, as crianças estrearam a coreografia de dança contemporânea "O que quiser que seja" e o jazz "Opostos entre dois lados". O professor explica que a escola participa desde a primeira edição da Mostra, que ocorre há 16 anos em Florianópolis, e fez sua primeira apresentação este ano em Chapecó. “Estamos aqui graças ao patrocínio da BTA, empresa que apoia nosso projeto e entende que a dança é uma forma legítima de comunicação com o público, além de fomentar a diversidade cultural através da dança”. 

O coreógrafo destaca ainda que, no Brasil, muitas ações voltadas para o meio cultural, só são possíveis, quando empresas privadas se envolvem, pois acreditam que seus incentivos poderão ser ferramentas de transformação e articulação social. “Participar desta mostra aqui em Chapecó é algo muito importante. As crianças conviveram com outros grupos, viveram a experiência de estar em hotel, viajar como profissionais, foi um grande incentivo para o crescimento delas”. 

Além deste evento em Chapecó, as bailarinas do Ponto Ser Espaço Alternativo, juntamente com outras oito coreografias, se apresentaram no Jaraguá em Dança, dia 22, em Jaraguá do Sul; e no dia 28 participarão da 16ֺª edição Mostra de Dança Infantil, em Florianópolis.


Mais Notícias